Número de estudantes brasileiros nos EUA cresce 78% em um ano, diz estudo

Segundo relatório anual Open Doors, realizado pelo Instituto de Educação Internacional (IIE), o número de estudantes universitários brasileiros nos Estados Unidos aumentou 78% entre os anos de 2013 e 2014. O estudo, divulgado nesta segunda-feira (16), também revelou que o Brasil ocupa a 6ª colocação na lista de países com maior número de intercambistas em território norte-americano.

No período acadêmico entre 2014 e 2015, foi registrado um total de 974.926 estudantes estrangeiros nos Estados Unidos, o que afirma, segundo o relatório Open Doors, que o país continua sendo um dos destinos favoritos dos alunos do ensino superior. Segundo a medição feita pelo instituto, nos últimos 35 anos, nunca se viu um número tão grande de jovens estudantes nos Estados Unidos.

Brasileiros nos Estados Unidos

Outra informação curiosa divulgada no relatório foi que, entre as 25 primeiras posições do ranking de países com estudantes em território norte-americano, o Brasil é o que apresentou um crescimento mais feroz no número de jovens intercambistas estudando por lá, totalizando 23.675 alunos. Hoje, os brasileiros correspondem a 2,4% do total de estrangeiros.

Um dos motivos apontados como crucial pelo crescimento veloz de estudantes, além do aumento do interesse dos brasileiros pelas instituições de ensino superior americanas, é o programa Ciências sem Fronteiras, do Governo Federal.

No ranking, na frente do Brasil estão China (1º lugar), Índia (2º lugar), Coreia do Sul, (3º lugar), Arábia Saudita (4º lugar) e Canadá (5º lugar). Já países como Japão (8º lugar) e México (9º lugar) foram ultrapassados e registraram um número inferior de estudantes.

Compartilhar:
}