Candidaturas abertas para estágios remunerados na Comissão Europeia

A Comissão Europeia é a instituição que é politicamente independente e que representa e defende os interesses da União Europeia (UE) na sua globalidade. Propõe além da legislação, política e programas de acção e é responsável por aplicar as decisões do Parlamento Europeu (PE) e o Conselho da União Europeia (CUE). O presidente da Comissão é eleito pelo Parlamento Europeu, por proposta do Conselho Europeu. Os restantes comissários são escolhidos com base num sistema de rotação estabelecido por unanimidade pelo Conselho Europeu. A maioria dos funcionários, mas não a totalidade, trabalha em Bruxelas, particularmente na sede situada no Edifício Berlaymont.

A Comissão Europeia oferece por ano dois períodos de cinco meses de formação prática (estágios) a jovens que tenham recentemente obtido um diploma universitário e que pretendam familiarizar-se com o trabalho da instituição e adquirir experiência num dos seus serviços. O programa existe há 45 anos e permitiu já a mais de 30 000 pessoas beneficiar desta experiência de vida na Comissão. Muitos funcionários públicos europeus e mesmo alguns Comissários Europeus fazem parte destes ex-estagiários.

Há dois tipos de estágios:

  • Estágios administrativos (todos os serviços, exceto Direção-Geral de Tradução)
    O tipo de trabalho atribuído aos estagiários administrativos é geralmente equivalente ao atribuído a funcionários administradores no início da sua carreira na Comissão, ou seja, compilação de informações e de documentação, organização de grupos de trabalho, fóruns, audições públicas e reuniões, elaboração de relatórios e de respostas a pedidos de informação, participação em reuniões de unidade, arquivo, revisão linguística de textos, etc.
  • Estágios de tradução (escrita) – Direção-Geral da Tradução
    Os estagiários são integrados numa unidade de tradução da respectiva língua materna efazem o mesmo trabalho que os seus colegas tradutores, traduzindo de pelo menos duas línguas comunitárias para a sua língua materna. O trabalho é revisto por tradutores experientes do quadro. Alguns estagiários são colocados em unidades de apoio da Direção-Geral.

As candidaturas para estágios remunerados na Comissão Europeia, por um período de cinco meses, começaram na semana passada e prolongam-se até o  dia 29 de Janeiro. Os candidatos devem ter uma licenciatura e um bom nível de português, francês ou alemão. De acordo com a informação presente no site da Comissão Europeia, os candidatos seleccionados para estágio recebem mensalmente 1.120 euros e o reembolso das despesas com as viagens.

Seguro de acidentes de trabalho e de saúde também poderão ser atribuídos. Todos os anos, há cerca de 1.300 lugares disponíveis, de acordo com a mesma fonte. Os estagiários trabalham na Comissão Europeia, sendo que o conteúdo laboral depende do serviço no qual o estagiário vai ser colocado. Para mais informações consulte o site oficial.

Compartilhar:
}