Universidade na Rússia oferece bolsas de estudo

A Universidade Estatal de Tomsk fundada em 1878 e reconhecida mundialmente por ocupar diferentes posições nos rankings mundiais (como por exemplo o QS ranking) abre as portas para você estudar na Rússia. A Universidade Estatal de Tomsk foi a primeira universidade fundada na Sibéria, com o nome de Universidade Imperial de Tomsk (Томский императорский университет).

No ano de 1878 foi dada a ordem de construção e essa é tida como a data de fundação da entidade. Entretanto, apenas em 1888 ela foi oficialmente aberta aos estudantes. No começo, havia apenas um departamento – o de medicina. Em 1930 ele foi separado e se tornou uma universidade independente. Com o passar do tempo, vários outros foram sendo inaugurados. Hoje são mais de 23.000 alunos espalhados por 23 departamentos. Dentro desses vinte e três departamentos estão os vários cursos ministrados por professores de diversas nacionalidades.

A UET fica em um grande terreno. Nele, estão alguns monumentos, como um memorial com uma estátua e os nomes de diversos funcionários e alunos que lutaram na Segunda Guerra Mundial. Além disso, há uma pedra que indica o centro da Eurásia. Há ainda uma vasta biblioteca (cerca de 5 milhões de livros) e um bonito jardim botânico, inaugurado ainda no Século XIX. Uma atração especial do grande campus da universidade é a presença de esquilos.

Aém de oferecer programas de bacharelado, mestrado e doutorado, a Universidade Estatal de Tomskagora agora tambem oferece bolsas de estudos para seus diferentes  cursos de mestrado e doutorado. Segue abaixo uma lista dos cursos superiores oferecidos no idioma inglês.

Bacharelado

– Ciências da Computação e TI
– Linguística

Mestrado

– Mestrado em finanças
– Analise matemática e modelagem
– Ciência da computação aplicada
– Química
– História (estudos da União Europeia)
– Técnicas de tradução e criação de textos
– Sistemas de informação e tecnologias
– Gestão de projetos para desenvolvimento de software
– Gestão
– Ciência de dados e bioinformática
– Métodos matemáticos
– Análise de dados e processamento em economia
– Métodos físicos e tecnologias de informação em biomedicina (programa conjunto com a Universidade Maastricht, Países Baixos)

No idioma russo há mais de 160 programas disponíveis.

A Universidade também possui 800 empregados, 180 pesquisadores da Academia Russa de Ciências, 33 centros educacionais, 64 laboratórios para os estudantes, 1300 artigos científicos são indexados anualmente, além é claro de ser uma das 4 universidades líderes no TOP-15. Conta atualmente com 1308 estudantes estrangeiros vindos de 18 países. Os parceiros estratégicos da universidade são o CERN, DESY, HUAWEI, SIEMENS, GOOGLE, MICROSOFT entre outros. Caso tenha interesse e deseje mais informações, contate a CBR que é representante de várias universidades russas no Brasil, exclusivamente pelo e-mail bolsas@cbr.tur.br

Se essa não for a oportunidade que você tanto procura, clique aqui e para fazer uma busca detalhada!

Compartilhar:
}